quarta-feira, 19 de março de 2014

AUTORIDADE SUPREMA DE JESUS.

E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É me dado todo o poder no céu e na terra. Mt.28.18.

Jesus é o único que tem autoridade suprema sobre tudo, pois o seu poder é absoluto e ilimitado. Ele exerce poder sobre toda a natureza criada e sobre todas as criaturas. A sua autoridade suprema não tem data de validade; certamente o poder dos homens são limitados e temporário, pois eles são mortais; o poder do Diabo também é limitado e temporário, pois em breve chegará o seu fim. Porém, o poder de Jesus é ilimitado e eterno, pois nunca terá fim. Jesus tem autoridade suprema sobre todas as coisas, ele pode tudo, e ainda é capaz de nos surpreender naquilo que pensamos que não há esperança. Assim como Ele surpreendeu os discípulos, quando acalmou os ventos e a tempestade, ele também vai sempre nos surpreender. Espera nele, confia nele, Ele é o El-Shadai. Amém!

PROVAS DA AUTORIDADE SUPREMA DE JESUS.

1. JESUS TEM PODER SOBRE A NATUREZA.

E, entrando ele no barco, seus discípulos o seguiram. E eis que, no mar se levantou uma tão grande tempestade, que o barco era coberto pelas ondas; ele, porém, estava dormindo. E os seus discípulos, aproximando-se, o despertaram, dizendo: Senhor, salva-nos, que perecemos. E ele disse-lhes: Por que temeis, homens de pouca fé? Então, levantou-se, repreendeu os ventos e o mar, e segui-se uma grande bonança. E aqueles homens se maravilharam, dizendo: Que homem é este, que até os ventos e o mar lhe obedecem? Mt.8.23-27.

2. JESUS TEM PODER SOBRE AS ENFERMIDADES.

E percorria Jesus toda a Galiléia, ensinando nas suas sinagogas, e pregando o evangelho do Reino, e curando todas as enfermidades e moléstias entre o povo. E a sua fama correu por toda a Síria; e traziam-lhe todos os que padeciam, acometidos de várias enfermidades e tormentos, os endemoninhados, os lunáticos e os paralíticos, e Ele os curava. Mt.4.23,24. 

3. JESUS TEM PODER SOBRE OS OPRIMIDOS PELO DIABO.

Como Deus ungiu a Jesus de Nazaré com o Espírito Santo e com virtude; o qual andou fazendo o bem e curando a todos os oprimidos do Diabo, porque Deus era com Ele. At.10.38.

4. JESUS TEM PODER SOBRE OS DEMÔNIOS.

E aconteceu, no dia seguinte, que, descendo eles do monte, lhes saiu ao encontro uma grande multidão. E eis que um homem da multidão clamou, dizendo: Mestre, peço-te que olhes para meu filho, porque é o único que eu tenho. Eis que um espírito o toma, e de repente grita, e o despedaça até espumar, e só o larga depois de o ter quebrantado. E roguei aos teus discípulos que o expulsassem, e não o puderam. E Jesus, respondendo, disse: Ó geração incrédula e perversa! Até quando estarei ainda convosco e vos sofrerei? Traze-me cá o teu filho. E quando vinha chegando, o demônio o derrubou e convulsionou; porém Jesus repreendeu o espírito imundo, e curou o menino, e o entregou a seu pai. Lc.9.37-42.

5. JESUS TEM PODER SOBRE A MORTE O INFERNO.

Não temas; eu sou o Primeiro e o Último, e o que vive; fui morto, mas eis aqui estou vivo para todo o sempre. Amém! E tenho as chaves da morte e do inferno. Ap.1.17,18.

6. JESUS TEM PODER SOBRE TODOS.

Pelo que também Deus o exaltou soberanamente e lhe deu um nome que é sobre todo o nome, para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, e toda língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai. Fp.2.9-11. 

CONCLUSÃO: 
JESUS, esse nome é reverenciado no céu, respeitado na terra, temido no inferno e adorado na igreja. A Ele seja a glória, o poder e a adoração. Amém! 

segunda-feira, 17 de março de 2014

SÍMBOLOS DO ESPÍRITO SANTO.




 Os estudiosos da Bíblia Sagrada dividem os fatos a respeito da doutrina do Espírito Santo em dois períodos que são chamados de pré-pentecostes e pós-pentecostes. No primeiro, o Espírito Santo pré-existia como terceira pessoa da Trindade, Gn.1.2. Ele descia sobre os homens temporariamente, a fim de capacitá-los para algum serviço especial e deixava-os assim que a tarefa fosse cumprida. O segundo período teve início com a descida do Espírito Santo no dia de pentecostes (Atos. 2.2)

O Espírito Santo se manifesta de várias formas, Ele aparece no texto sagrado desde Gênesis até Apocalipse agindo de maneira multiforme. O termo Espírito Santo aparece apenas três vezes no Antigo Testamento: Salmos, 51.11, e Isaías, 63.10,11. No evangelho de João o Espírito Santo recebe outros nomes, Ele é chamado por Jesus de: Espírito da Verdade (Jo.14.17-Jo.15.26); e Paracleto (Jo.14.26-Jo.15.26).

Existem na bíblia muitos símbolos que identificam a pessoa do Espírito Santo, estes símbolos são formas representativas que expressam as ações do Espírito Santo. Entre muitos símbolos descritos na bíblia, iremos destacar apenas sete.

1. VENTO.
 

Como vento Ele é:

VIVIFICADOR.
E formou o SENHOR Deus o homem do pó da terra e soprou em seus narizes o fôlego da vida; e o homem foi feito alma vivente. Gn.2.7.
Disse-lhes, pois, Jesus outra vez: Paz seja convosco! Assim como o Pai me enviou, também eu vos envio a vós. E, havendo dito isso, assoprou sobre eles e disse-lhes: Recebei o Espírito Santo. Jo.20.21,22. 

INDEPENDENTE.
O vento assopra onde quer, e ouves a sua voz, mas não sabes donde vem, nem para onde vai; assim é todo aquele que é nascido do Espírito. Jo.3.8.

PODEROSO.
De repente, veio do céu um som, como de um vento veemente e impetuoso, e encheu toda a casa em que estavam assentados. At.2.2.

2. ÁGUA.
 

Como água Ele promove:

ALEGRIA.
Há um rio cujas correntes alegram a cidade de Deus, o santuário das moradas do Altíssimo. Sl.46.4.
E os discípulos estavam cheios de alegria e do Espírito Santo. At.13.52.

VIDA.
Se alguém tem sede, que venha a mim e beba. Quem crê em mim, como diz a Escritura, rios de água viva correrão do seu ventre. E isso disse ele do Espírito, que haviam de receber os que nele crescem. Jo.7. 37-39.

DESSEDENTA.
Porque derramarei água sobre o sedento e rios, sobre a terra seca; derramarei o meu Espírito sobre a tua posteridade e a minha bênção, sobre os teus descendentes. Is.44.3.

3. FOGO.
 

Como fogo Ele é:

PURIFICADOR.
Então João esclareceu a todos: “Eu, de fato, vos batizo com água”. Entretanto, chegará alguém mais poderoso do que eu, tanto que não sou digno sequer de desamarrar as correias das suas sandálias. Ele sim, vos batizará com o Espírito Santo e com fogo (Lucas, 3.16).

PERPETUO.
O fogo arderá continuamente sobre o altar; não se apagará. Lv.6.13.

PODEROSO.
Porque o nosso Deus é um fogo consumidor. Hb.12.29.

4. AZEITE.
 

Como azeite Ele é:

CONSAGRADOR.
E tomarás o azeite da unção e o derramarás sobre a sua cabeça; assim, o ungirás. Ex.29.7.

CONSOLADOR.
Tu amas a justiça e aborreces a impiedade; por isso, Deus, o teu Deus, te ungiu com óleo de alegria, mais do que a teus companheiros. Sl.45.7.

CURADOR.
Está alguém entre vós doente? Chame os presbíteros da igreja, e orem sobre ele, ungindo com azeite em nome do Senhor; e a oração da fé salvará o doente, e o levantará; e, se houver cometido pecados, ser-lhe-ão perdoados. Tg.5.14,15.

5. CHUVA.
 

Como chuva Ele é:

DERRAMADO ABUNDANTEMENTE.
Convertei-vos pela minha repreensão; eis que abundantemente derramarei sobre vós meu espírito e vos farei saber as minhas palavras. Pv.1.23.

DERRAMADO SOBRE TODOS.
E há de ser que, depois, derramarei o meu Espírito sobre toda a carne, e vossos filhos e vossas filhas profetizarão, os vossos velhos terão sonhos, os vossos jovens terão visões. E também sobre os servos e sobre as servas, naqueles dias, derramarei o meu Espírito. Joel. 2.28,29.

DERRAMADO PARA DAR VIDA.
Até que se derrame sobre nós o Espírito lá do alto; então, o deserto se tornará em campo fértil, e o campo fértil será reputado por um bosque. Is.32.15.

6. SELO.
 

Como selo Ele promove ações que nos dá garantia, autentica, e nos protege.

GARANTE.
Fostes selados com o Espírito Santo da promessa; o qual é o penhor da nossa herança, para redenção da possessão de Deus, para louvor da sua glória. Ef.1.13,14.

AUTENTICA.
Mas o que nos confirma convosco em Cristo e o que nos ungiu é Deus, o qual também nos selou e deu o penhor do Espírito em nossos corações. 2Co.1.21,22.

PROTEGE.
Vindo o inimigo como uma corrente de águas, o Espírito do SENHOR arvorará contra ele a sua bandeira. Is.59.19.

7. POMBA.
 
E, sendo Jesus batizado, saiu logo da água, e eis que se lhes abriram os céus, e viu o Espírito de Deus descendo como pomba e vindo sobre ele. Mateus. 3.16. Como pomba Ele nos fala de:

SIMPLICIDADE.
Eis que vos envio como ovelhas ao meio de lobos; portanto, sede prudentes como as serpentes e simplices como as pombas. Mt.10.16.

MANSIDÃO.
Mas o fruto do Espírito é: Amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. Gálatas, 5.22.

LIBERDADE.
Pelo que disse: Ah! Quem me dera asas como de pombas! Voaria e estaria em descanso. Sl.55.6.
Ora, o Senhor é Espírito; e onde está o Espírito do Senhor, aí há liberdade. IICo.3.17.

terça-feira, 4 de março de 2014

LÍNGUA ERUDITA.

O SENHOR Jeová me  deu uma língua erudita, para que eu saiba dizer, a seu tempo, uma boa palavra ao que está cansado. Ele desperta-me todas as manhãs, desperta-me o ouvido para que ouça como  aqueles que aprendem (Isaías, 50.4).  

Uma língua erudita é uma língua sábia, aquele que tem uma língua erudita não fala precipitadamente, mas fala com prudência e no tempo certo. Tem pessoas que são tagarelas, falam demais; e por falarem demais elas se tornam reféns das suas próprias palavras. Há um ditado que diz: Quem muito fala, muito erra. Palavras são como sementes, elas são poderosas, e podem edificar ou destruir, dá vida ou matar. Um certo sábio disse: Há três coisas que não voltam mais: A flecha atirada, a oportunidade perdida, e a palavra falada. Aquele que tem uma língua erudita tem sempre uma boa palavra, a sua palavra é para edificação e consolo, também pode ser de correção e repreensão, dependendo do momento e da situação. O escritor aos hebreus diz: E, na verdade, toda correção, ao presente, não parece ser de alegria, depois, produz um fruto pacífico de justiça nos exercitados por ela (Hebreus, 12.11). Feliz é o homem que teme a Deus, e que recebeu do SENHOR Jeová, uma  língua erudita.

OS EFEITOS DAS PALAVRAS DE UMA LÍNGUA ERUDITA.

PROMOVE EDIFICAÇÃO.
Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem. Ef.4.29.

TRAZ CONHECIMENTO.
Os lábios dos sábios derramarão o conhecimento, mas o coração dos tolos não fará assim. Pv.15.7.

SERVE DE SAÚDE.
Há alguns cujas palavras são como pontas de espada, mas a língua dos sábios é saúde. Pv.12.18.

PROMOVE A SABEDORIA.
A língua dos sábios adorna a sabedoria, mas a boca dos tolos derrama a estultícia. Pv.15.2.

FALA A VERDADE.
O lábio de verdade ficará para sempre, mas a língua mentirosa dura só um momento. Pv.12.19.

PROMOVE ALEGRIA.
A solicitude no coração do homem o abate, mas uma boa palavra o alegra. Pv.12.25.

PROMOVE VIDA.
Uma língua saudável é árvore de vida, mas a perversidade nela quebranta o espírito. Pv.15.4.