sábado, 17 de agosto de 2019

CURIOSIDADES NO LIVRO DO PROFETA EZEQUIEL.

Ezequiel, cujo nome significa "Deus fortalece", é um dos profetas com maior número de ações inusitadas na Bíblia. As suas profecias são descritas como artes cênicas, para revelar o pecado e o juízo vindouro sobre a nação de Judá. Ezequiel é o único livro profético que foi contestado pelos rabinos, apesar de fazer parte do cânon hebraico. Os rabinos em Israel, restringiram a leitura do livro em público, por causa das suas aparentes contradições em relação a torá (a lei de Moisés), e por suas expressões muito extravagantes.

INFORMAÇÕES SOBRE EZEQUIEL:

Ezequiel o profeta das visões, estava entre os cativos de Judá junto ao rio Quebar, onde Deus revelou a sua glória ao profeta através de visões extraordinárias. O profeta estava na terra dos caldeus, na Babilônia, e ele declara por mais de uma vez que a mão do SENHOR estava sobre ele. Ezequiel, cujo nome significa "Deus fortalece", era de família sacerdotal (1.3) e passou os primeiros vinte e cinco anos da sua vida em Jerusalém. Estava se preparando para o ofício sacerdotal do templo quando foi levado cativo à Babilônia em 597 a.C. Uns cinco anos mais tarde, aos trinta anos (1.2,3), Ezequiel recebeu sua chamada profética da parte de Deus, e a partir daí ministrou fielmente durante vinte e dois anos, pelo menos (Ez.29.17). Ezequiel  foi contemporâneo de Jeremias e Daniel. Ezequiel era casado (24.15-18), e vivia como um  cidadão comum entre os exilados judeus, numa comunidade próximo ao rio Quebar (1.1; 3.15,24; Sl.137.1).

* A Bíblia não relata nada sobre a morte do profeta Ezequiel, tudo o que sabemos é que seu ministério durou pelo menos 22 anos (Ezequiel 29.17). Considerando então que ele começou a profetizar em 592 a.C., quando tinha 30 anos, ele viveu, no mínimo, cerca de cinquenta e três anos.

FATOS CURIOSOS NO LIVRO DE EZEQUIEL:

* A expressão "filho do homem" aparece mais de 90 vezes no livro de Ezequiel.

* Por ordem de Deus Ezequiel ficou preso e amarado por cordas dentro da sua própria casa, e esteve mudo por algum tempo (Ez.3.22-27).

* Deus manda o profeta utilizar um tijolo e desenhar a cidade de Jerusalém e depois colocar uma panela de ferro como muro e cercar a cidade, como um sinal para nação (Ez.4.1-3).

* Ezequiel fica deitado sobre o seu lado esquerdo durante 390 dias, e 40 dias sobre o seu lado direito, por ordem de Deus (Ez.4.4-8).

* Ezequiel come pão assado em cima de esterco de vaca, depois que rejeitou come-lo assado com fezes humana (Ez.4.9-15).

* Ezequiel raspou os cabelos da cabeça e a barba por ordem Divina, para representar o juízo de Deus sobre a nação de Judá (Ez.5.1-4).

* Um homem vestido de linho com um tinteiro na mão, marca os fiéis de Jerusalém na testa (Ez.9.1-4).

* Ezequiel é transportado pelo Espírito suspenso pelos cabelos até o templo em Jerusalém (Ez.8.1-4).

* Enquanto Ezequiel estava profetizando, Pelatias, morreu (Ez.11.13).

* Deus manda Ezequiel preparar sua mala para uma viagem e abrir um buraco no muro e passar a bagagem pelo buraco (Ez.12.1-6).

* Deus manda Ezequiel tremer e ficar arrepiado enquanto come e bebe água (Ez.12.7,8).

* Amantes com membros como de jumento e ejaculação como de um cavalo (Ez.23.19,20).

* Ezequiel é proibido por Deus de lamentar a morte de sua esposa, que morre para representar a destruição total da nação (Ez.24.15-25).

* O livro de Ezequiel tem 48 capítulo e 1.273 versículos.

* O livro de Ezequiel tem uma mensagem de esperança, e termina expressando um dos nomes de Deus, "JEOVÁ-SAMÁH", que significa: "O SENHOR ESTÁ ALI" (Ez.48.35). Ele está presente. Amém!
O livro de Ezequiel se inicia com Deus irado e termina com o mesmo Deus presente para consolar.

CONCLUSÃO:
O livro de Ezequiel além de ter profecias chocantes na forma representativa do profeta, ele também é cheio de visões de Deus reveladas ao profeta. Este livro também tem sua parte escatológica que se identifica com apocalipse. Ele contém vários pontos de semelhança com o livro de Apocalipse: A visão dos querubins (Ez.1; Ap.4). O rolo sendo dado a comer (Ez.3; Ap.10). Gogue e Magogue (Ez.38; Ap.20). A nova Jerusalém (Ez.40-48; Ap.21). O rio de águas vivas (Ez.47; Ap.22). Enfim, trata-se de um dos mais notáveis livro do Canon Sagrado.