sábado, 25 de dezembro de 2021

MÃOS CANSADAS E JOELHOS DESCONJUNTADOS.


Portanto, tornai a levantar as mãos cansadas e os joelhos desconjuntados, e fazei veredas direitas para os vossos pés, para que o que manqueja se não desvie inteiramente; antes, seja sarado (Hb.12.12,13).

O escritor aos hebreus após exortar os irmãos a aceitarem a correção do Senhor como disciplina aplicada de Pai para filho (vers.5-11), ele incentiva-os a manterem suas mãos levantadas, e os seus joelhos e plena atividade, mesmo que estejam com as mãos cansadas e os joelhos vacilantes. Isto significa dizer: Que devemos ser perseverantes até o fim da nossa jornada da fé.

MÃOS CANSADAS.

Tornar a levantar as mãos cansadas significa que, já um dia as mãos foram levantadas e agora estão caídas e cansadas por tantas lutas. Dificuldades e sofrimentos sempre haverá, mas quando buscamos forças em Deus, Ele nos fortalece e torna possível manter as nossas mãos levantadas e vitoriosos.

JOELHOS DESCONJUNTADOS.

Precisamos manter os nossos joelhos dobrados em oração, mesmo estando enfraquecidos e vacilantes; pois temos a certeza que a nossa oração não é vã diante de Deus.

VEREDAS DIREITAS.

Os nossos pés precisam andar em veredas direitas, o Senhor quer que andemos no caminho reto, no novo caminho que Ele nos preparou. Deus está a procura dos fiéis que andam no caminho reto: Os meus olhos procurarão os fiéis da terra, para que estejam comigo; o que anda num caminho reto, esse me servirá (Sl.101.6).

MANQUEJAR MAS NÃO SE DESVIAR.

As vezes ficamos vacilantes e podemos até manquejar no caminho, mas a nossa fé continua viva no Senhor que nos fortalecerá e não nos deixará desviar do bom caminho da fé.

SER SARADO.

Ser sarado ou curado, equivale dizer que, todas as feridas do passado que afligiram nossa alma, serão totalmente saradas e Deus nos concederá descanso e paz.

Todas estas recomendações devem ser praticadas, para que sejamos completos e maduros na vida cristã diante de Deus. Amém!