segunda-feira, 6 de abril de 2020

FRUTIFICANDO EM TEMPO DE SEQUIDÃO.

Bendito o varão que confia no SENHOR, e cuja esperança é o SENHOR. Porque ele será como uma árvore plantada junto às águas, que estende suas raízes para o ribeiro e não receia quando vem o calor, mas a sua folha permanece verde; e, no ano de sequidão, não se afadiga nem deixa de dar fruto (Jeremias, 17.7,8).

Deus está presente, o Espírito age de dentro pra fora e sopra onde quer. O Templo é o lugar onde nos reunimos para adorar em comunidade. Mas, a igreja somos nós. Nós somos templo e morada do Espírito Santo (I Co.3.16). Os maiores avivamentos registrados na Bíblia e na História, surgiram ou aconteceram em tempos de crise, de sequidão, de perseguição e adversidades. Muitas vezes Deus se utiliza das nossas fragilidades para manifestar o seu poder, para com isto mostrar que a honra, a glória e o poder pertencem a Ele. O que temos que fazer é só confiar no SENHOR e depositar Nele toda a nossa esperança. O rio de Deus nunca seca, a fonte está sempre jorrando, nós é que devemos está junto às águas do Rio de Deus. O poeta do salmo 46 diz: Há um rio cujas correntes alegram a cidade de Deus, o santuário das moradas do Altíssimo. Deus está no meio dela; não será abalada; Deus a ajudará ao romper da manhã (Sl.46.4,5).

Neste tempo chamado quarentena, por conta desta epidemia que vem assolando o mundo, a chamada coronavírus aproveite para crescer na graça e no conhecimento. Busque a Deus em oração, leia e medite na palavra de Deus, leia bons livros, busque uma direção do Espírito Santo para resolver situações, escreva um livro ou um bom artigo dentro de uma temática bíblica. Sigamos o exemplo de Paulo, que quando estava no isolamento em uma prisão, que não é nosso caso, continuou dando fruto, escrevendo as cartas aos efésios, aos filipenses, a Timóteo duas cartas e a Filemom. Esta é a proposta e o propósito de Deus, que continuemos dando fruto para glória do seu nome. Amém! 

domingo, 5 de abril de 2020

O QUE SIGNIFICA QUARENTENA NA BÍBLIA?

A Bíblia não tem significados explícitos para números, na numerologia bíblica muitos estudiosos do texto sagrado tiram as suas conclusões no que diz respeito aos números que se repetem desde o Livro de Gênesis até Apocalipse. Acerca do número 40, a conclusão que se chega é que este número tem haver com um período de preparação para o que há de vir. Este período probatório de 40 dias ocorreu em várias ocasiões na Bíblia. Exemplos: Após o dilúvio de 40 dias, surge um novo recomeço. Após um período de 40 anos peregrinando no deserto, o povo de Deus passa a desfrutar uma nova vida na terra prometida. Após dois períodos de 40 anos, Moisés estava pronto para servir a Deus e libertar o povo do Egito. Após ter jejuado 40 dias, Jesus estava pronto para iniciar o seu ministério. Após Elias ter caminhado 40 dias e 40 noites, chegou a Horebe, o monte de Deus, e o seu ministério foi renovado. Para tudo há um processo e um tempo de preparação, é só entender e ter paciência, perseverar e aguardar o tempo da renovação de Deus que está chegando. Sabemos que, as pestes, as pragas e epidemias não são de hoje, já se passaram várias e dizimaram milhões de pessoas. Hoje a nossa luta é contra um inimigo invisível chamado de Coronavírus, mas creu que Deus está no controle e havemos de vencer mais uma vez. Depois da tempestade vem a bonança, tudo isto tem um propósito, quem sabe se não é para uma preparação para o que há de vir. Quem viver verá. Deus está no controle. Amém!

1- No Dilúvio choveu 40 dias (Gn.7.17).
2- Após 40 dias Noé abriu a janela da arca (Gn.8.6).
3- Isaque era da idade de 40 anos quando casou-se com Rebeca (Gn.25.20).
4- Esaú tinha 40 anos quando casou-se com duas mulheres, Judite e Basemate (Gn.26.34,35).
5-Moisés tinha 40 anos quando fugiu do Egito (At.7.23).
6- Depois de 40 anos no deserto Deus apareceu a Moisés na sarça (At.7.30).
7- Moisés conduziu o povo no deserto durante 40 anos (At.7.35,36).
8- Os doze homens espiaram a terra prometida durante 40 dias (Nm.13.25).
9- Calebe tinha 40 anos quando foi enviado por Moisés à espiar a terra (Js.14.7).
10- Moisés passou 40 dias no monte sem comer e sem beber (Ex.34.28).
11- Moisés intercedeu pelo povo durante 40 dias (Deut.9.18,19,25).
12- Deus guiou o povo e os alimentou durante 40 anos (Deut.8.2-4).
13- Elias caminhou 40 dias sem comer e sem beber (I Rs.19.8).
14- Jesus jejuou 40 dias antes de iniciar o seu ministério (Mt.4.1,2).
15- Jesus ficou 40 dias com seus discípulos após a sua ressurreição (At.1.1-3).
16- O Livro de Êxodo tem 40 capítulos.
17- O culpado será penalizado com 40 açoites (Deut.25.1-3).
18- Paulo foi punido com cinco quarentenas de açoites menos um (II Co.11.24).
19- No tempo dos juízes por duas vezes não houve guerra num período de 40 anos (Jz.3.11; 5.32).
20- Antes de Sansão os filhos de Israel foram servos dos filisteus durante 40 anos (Jz.13.1).
21- Golias afrontou o exército de Israel durante 40 dias (I Sm.17.16).
22- O profeta Jonas anunciou que em 40 dias Nínive seria destruída (Jn.3.4).
23- O profeta Ezequiel faz menção ao número 40 em suas profecias (Ez.4.6; 29.11-13).
24- Saul reinou 40 anos (Atos, 13.21).
25- Davi reinou 40 anos (II Sm.5.4,5).
26- Salomão reinou 40 anos (I Reis, 11.42).
27- Na Lei de Moisés só após 40 dias pós parto a mulher estaria purificada (Lv.12.2-4,6).
28- Jesus foi apresentado no templo após 40 dias de nascido (Lc.2.22).
29- Na Bíblia o salmo 40 é conhecido como o salmo da paciência.
30- Os eruditos afirmam que a Bíblia foi escrita por cerca de 40 escritores.

Que possamos ter paciência e descansar em Deus, o tempo da quarentena vai passar e um novo tempo vai chegar. Deus tem seus planos e propósitos que não podem ser impedidos, seus planos não serão frustrados, Ele tem o melhor para os seus filhos. Amém! 

sábado, 4 de abril de 2020

A IGREJA PASSARÁ PELA GRANDE TRIBULAÇÃO?

A volta de Cristo é um dos eventos escatológicos que está preste a acontecer. A volta de Cristo acontecerá em duas fases: Na primeira fase Ele virá de forma secreta e invisível para arrebatar a igreja, Paulo nos informa sobre isto em I Coríntios, 15.50-52; I Ts.4.13-18. Na segunda fase Ele virá de forma pessoal e visível para salvar Israel, exterminar o anticristo, e estabelecer o milênio, conforme Apocalipse 19.11-21. Na interpretação escatológica dos textos bíblicos incluindo Mateus 24 e Lucas 21, os exegetas divergem em várias linhas de pensamentos. Há três linhas de interpretações acerca da vinda de Cristo em relação ao período da grande tribulação: Os pré-tribulacionistas, afirmam que a igreja será arrebatada antes da grande tribulação. Os pós-tribulacionistas, afirmam que a igreja será arrebatada após a grande tribulação. Os medo-tribulacionistas, afirmam que a igreja será arrebatada no meio da grande tribulação. A verdade é que, à luz da Bíblia, nós vamos encontrar mais evidências que nos comprovam que a volta de Cristo ocorrerá antes do período da grande tribulação. A este tema mostraremos pelo menos dez razões à luz da Bíblia que provam que a igreja não passará pela grande tribulação.

10 RAZÕES QUE ATESTAM QUE A IGREJA NÃO PASSARÁ PELA GRANDE TRIBULAÇÃO:

1- DEUS NÃO NOS DESTINOU PARA IRA.
Porque Deus não nos destinou para ira, mas para a aquisição da salvação, por nosso Senhor Jesus Cristo (I Ts.5.9).

2- DEUS NOS LIVRARÁ DA IRA FUTURA.
... e como dos ídolos vos converteste a Deus, para servir ao Deus vivo e verdadeiro e esperar dos céus a seu Filho, a quem ressuscitou dos mortos, a saber, Jesus, que nos livra da ira futura (I Ts.1.9,10).

3- O TEMPO DE ANGÚSTIA SERÁ DESTINADO A NAÇÃO DE ISRAEL.
Ah! Porque aquele dia é tão grande, que não houve outro semelhante! E é tempo de angústia para Jacó; ele porém, será salvo dela (Jr.30.7).

4- A IGREJA PASSARÁ PELA TRIBULAÇÃO, NÃO PELA GRANDE TRIBULAÇÃO.
Como guardaste a palavra da minha paciência, também eu te guardarei da hora da provação que há de vir sobre todo o mundo, para pôr à prova os que habitam na terra (Ap.3.10).

5- A ÚLTIMA SEMANA QUE FALTA DAS 70 SEMANAS DA PROFECIA DE DANIEL, SERÁ PARA ISRAEL E NÃO PARA IGREJA (Dn.9.23-27).

6- ENOQUE, representa o tipo da igreja arrebatada antes do juízo de Deus. Enoque foi arrebatado antes que o juízo de Deus chegasse, o Dilúvio.

7- MATUSALÉM, É PROFÉTICO, O SEU NOME SIGNIFICA: "Quando for removido virá". Um ano após a morte de Matusalém, veio o dilúvio.

8- A IGREJA NÃO ESTARÁ NA GRANDE TRIBULAÇÃO, porque os santos, que é a igreja virão com o Senhor para exterminar o anticristo e estabelecer o milênio (Judas, 14,15; Ap.19.11-21).

9- O DIA DO SENHOR E A MANIFESTAÇÃO DO ANTICRISTO, SÓ ACONTECERÁ APÓS O ARREBATAMENTO DA IGREJA (I Ts.5.1-10; II Ts.2.1-11).

10- PAULO FAZ MENÇÃO AO ARREBATAMENTO POR DUAS VEZES: Será num abrir e fechar de olhos, isto é, em milésimo de segundos (I Co.15.51,52). O Senhor descerá para encontrar a sua igreja arrebata nos ares (I Ts.4.13-17).

CONCLUSÃO:
A nossa grande esperança de que nosso Senhor Jesus Cristo logo voltará para nos tirar do mundo, afim de estarmos para sempre com Ele, é a bem-aventurada esperança da igreja (Tt.2.13).
Paulo emprega o pronome "nós" em I Ts.4.17 por saber que a volta do Senhor poderia acontecer naquele período da história, ele comunica aos tessalonicenses esta esperança consoladora e os incentiva a permanecerem fiéis. Nos dias atuais, também devemos anelar e esperar confiantemente a volta do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. Amém!

segunda-feira, 30 de março de 2020

CINCO ESBOÇOS NO SALMO 46.

Este é um dos mais belo e celebre salmo da bíblia, nele nós vamos encontrar Deus agindo poderosamente a favor do seu povo.
Há um consenso entre os estudiosos que este salmo serviu de inspiração para o hino “Castelo Forte é Nosso Deus”, composto por Martinho Lutero. Há uma possibilidade muito grande que o contexto histórico em que foi escrito este salmo, seja a ocasião em que Deus livrou Jerusalém dos assírios no tempo do rei Ezequias (II Reis, 18-19; II Cr 32; Isaías, 36-37). Será bastante proveitoso ler estes textos para um melhor entendimento deste salmo.
O rei Ezequias era poeta, e é possível que tenha escrito não apenas este salmo, mas também o 47 e 48, provavelmente no mesmo contexto histórico, onde a vitória do Senhor é celebrada sobre o inimigo.

Neste salmo nós podemos perceber várias ações de Deus, nos versículos que nos diz: Deus é (1), Deus está (5), Deus faz (9), estão demonstradas as ações de Deus em favor do seu povo. Deus é Deus de ação, um Deus que se move.
Deus não é um ser inanimado, estático, inerte, que não se move; Deus é ativo, dinâmico e está sempre em atividade. Em toda a bíblia nós vamos perceber que Ele está sempre em atividade. Deus está no governo, Deus está no comando e no controle de todas as coisas. O mundo não está entregue nas mãos de um Deus irresponsável, nem a sua própria sorte; mas está nas mãos de um Deus que trabalha para sustentação, provisão e preservação de todas as coisas.

CINCO ESBOÇOS EXTRAÍDOS DESTE BELÍSSIMO SALMO:

* Deus É ... (Vers.1).

Sete Coisas Que Deus é Para Nós:

1- Deus é nosso Refúgio.

2- Deus é nossa Fortaleza.

3- Deus é nosso Socorro.

4- Deus é nosso Escudo.

5- Deus é nosso Esconderijo.

6- Deus é nossa Torre forte.

7- Deus é nossa Esperança.

* Deus Está ... (Vers.5).

Sete Ações de Deus Que Nos Conforta:

1- Deus está no Comando.

2- Deus está no Controle.

3- Deus está no Centro.

4- Deus está Trabalhando.

5- Deus está Agindo.

6- Deus está Pelejando.

7- Deus está Conosco.

* Deus Faz ... (Vers.9).

Sete Coisas Que Deus Faz:

1- Deus faz Cessar as guerras.

2- Deus faz Coisas Impossíveis.

3- Deus faz Coisas Grandes.

4- Deus faz Coisas Novas.

5- Deus faz Coisas Terríveis.

6- Deus faz Coisas Maravilhosas.

7- Deus faz Coisas Extraordinárias.

* A VOZ DO SENHOR.
Ele levantou a sua Voz e a terra se derreteu (Vers.6b).

Sete Ações da Voz de Deus:

1- A Voz do SENHOR ouve-se sobre as águas (Sl.29.3)

2- A Voz do SENHOR é Poderosa (Sl.29.4).

3- A Voz do SENHOR é cheia de majestade (Sl.29.4).

4- A Voz do SENHOR quebra os cedros do Líbano (Sl.29.5).

5- A Voz do SENHOR separa as labaredas do fogo (Sl.29.7).

6- A Voz do SENHOR faz tremer o deserto (Sl.29.8).

7- A Voz do SENHOR faz parir as cervas e desnuda as brenhas. E no seu Templo cada um diz: Glória! (Sl.29.9).

* AQUIETAI-VOS! (Vers.10).

Sete Razões Porque Devemos ficar Quietos: 

1- Aquietai-vos porque o SENHOR é Deus.

2- Aquietai-vos, porque Deus será exaltado entre as nações.

3- Aquietai-vos, porque Deus será exaltado sobre a terra.

4- Aquietai-vos, porque o SENHOR dos Exércitos está conosco.

5- Aquietai-vos porque o Deus de Jacó é o nosso Refúgio.

6- Aquietai-vos porque o SENHOR Proverá.

7- Aquietai-vos porque o SENHOR Pelejará por nós. Amém! 

sábado, 28 de março de 2020

UMA REFLEXÃO SOBRE O NOVO NASCIMENTO.

Não te maravilhes de ter dito: Necessário vos é nascer de novo. O vento assopra onde quer, e ouves a sua voz, mas não sabes donde vem, nem para onde vai; assim é todo aquele que é nascido do Espírito (Jo.3.7,8).

O novo nascimento é uma ação poderosa do Espírito Santo efetuada na vida do homem, que o torna diferente em sua maneira de viver. Atualmente, há uma urgente necessidade de homens e mulheres que verdadeiramente nasceram de novo. Os rótulos, as placas, os títulos, os status e as denominações de igrejas de nada valem, se os crentes e lideres em geral não tiveram a experiência do novo nascimento.

O Brasil é um país onde predomina o cristianismo, onde muitos se declaram cristãos. As pesquisas indicam que, na soma total entre as igrejas evangélicas e católicos em geral, o número de cristãos atingi cerca de 50% da população do Brasil. Mas, a grande pergunta é: Será que estes cristãos verdadeiramente nasceram de novo? Ou estão na condição de Nicodemos, que conhecia a Torá, era mestre e membro do sinédrio, mas precisava nascer de novo. A grande problemática é, que muitos entraram no evangelho, mas o evangelho não entrou neles. Infelizmente, muitos não nasceram de novo e estão vivendo um evangelho de conveniência, o chamado "euvangelho" que satisfaz o seu próprio ego e não se submete a vontade de Deus.

Muitos "pastores" estão transformando igrejas em empresas e usando os crentes como negócio, oferecendo um jesus capitalista onde a prosperidade financeira é o foco principal. Eles não pregam contra o pecado, nem ensinam sobre salvação nem santidade, nem tão pouco sobre renúncia. É um tipo de evangelho fácil, onde tudo é permitido, onde o lema é: "É proibido proibir". "Vinde como estais e ficai como viestes". Mas este não é o evangelho de JESUS, o evangelho de Jesus implica em ter uma vida regenerada, em levar a nossa cruz, em viver uma vida de renúncia e santidade diante de Deus e da sociedade, para que resplandeça a glória de Deus. Amém!

DEZ CARACTERÍSTICAS QUE IDENTIFICAM  UM NOVO HOMEM:

... que, quanto ao trato passado, vos despojeis do velho homem, que se corrompe pelas concupiscências do engano, e vos renoveis no espírito do vosso sentido, e vos revistais do novo homem que, segundo Deus, é criado em verdadeira justiça e santidade (Ef.4.22-24).

Não mintais uns aos outros, pois que já vos despistes do velho homem com os seus feitos e vos vestistes do novo, que se renova para o conhecimento, segundo a imagem daquele que o criou (Cl.3.9,10).

1. ANDA EM AMOR.

E andai em amor, como também Cristo vos amou e se entregou a si mesmo por nós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave (Ef.5.2).

2. ANDA EM HUMILDADE.

Rogo-vos, pois, eu, o preso do Senhor, que andes como é digno da vocação com que fostes chamados, com toda humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor (Ef.4.1,2).

3. ANDA EM TEMOR.

E, se invocais por pai aquele que, sem acepção de pessoas, julga segundo a obra de cada um, andai em temor, durante o tempo da vossa peregrinação (IPe.1.17).

4. ANDA EM ESPÍRITO.

Digo, porém: Andai em Espírito e não cumprireis a concupiscência da carne. Se vivemos no Espírito, andemos também no Espírito (Gl.5.16,25).

5. ANDA COMO FILHO DA LUZ.

Porque, noutro tempo , éreis trevas, mas, agora, sois luz no Senhor; andai como filhos da luz (Ef.5.8).

6. ANDA COM SABEDORIA.

Andai com sabedoria para com os que estão de fora, remindo o tempo. A vossa palavra seja sempre agradável, temperada com sal, para que saibais como convém responder a cada um (Cl.4.5,6).

7. ANDA HONESTAMENTE.

Andemos honestamente, como de dia, não em glutonarias, nem em bebedeiras, nem em desonestidades, nem em dissoluções, nem em contendas e inveja (Rm.13.13).

8. ANDA NA VERDADE.

Porque muito me alegrei quando os irmãos vieram e testificaram da tua verdade, como tu andas na verdade. Não tenho maior gozo do que este: o de ouvir que meus filhos andam na verdade (III Jo.3,4).

9. ANDA EM RETIDÃO.

Os meus olhos procurarão os fiéis da terra, para que estejam comigo; o que anda num caminho reto, esse me servirá (Sl.101.6).

10. ANDA COM PRUDÊNCIA.

Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, mas como sábios, remindo o tempo, porquanto os dias são maus (Ef.5.15,16).

CONCLUSÃO: 
Que a regeneração operada pelo Espírito Santo de forma instantânea em nossa vida, esteja sempre em evidência através do processo de santificação, até alcançarmos a estatura de varão perfeito. Amém! 

quarta-feira, 25 de março de 2020

HÁ ESPERANÇA!

... mas, no tocante a isso, ainda há esperança para Israel (Esdras, 10.2).

A nação de Israel estava mergulhada em tristeza, por ter desagradado a Deus, o povo estava em desobediência a Lei do SENHOR. O momento era critico, triste e deprimente. O povo lamentava, chorava e ao mesmo tempo se arrependia dos seus pecados. Mas, depois que o escriba Esdras, leu a Lei do SENHOR aos ouvidos do povo, e em seguida começou a orar, ouve um grande quebrantamento e toda a nação se voltou para Deus, com grande choro e sincero arrependimento. Um dos que havia transgredido, por nome de Secanias, disse a Esdras na presença de todos: "Nós temos transgredido contra o nosso Deus e casamos com mulheres estranhas do povo da terra, mas, no tocante a isso, ainda há esperança para Israel".

Aqui nós aprendemos que nada está perdido. Quando estamos dispostos a assumir nossas culpas e falhas e nos voltarmos para Deus, Ele nos atende e restaura a nossa sorte. Não há nada perdido, o sol voltará a brilhar, a noite vai ter fim e o dia vai raiar. Está escrito: O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã (Salmos, 30.5).

Na vida não temos só flores, há também os espinhos. Mas, devemos ter fé e depositar toda nossa confiança em Deus, que é a nossa esperança. O mal não dura para sempre, as calamidades irão passar e o tempo de cantar vai chegar para você. Nunca esqueça, que depois da tempestade vem a bonança, depois da noite vem o dia, depois da luta vem a vitória e depois do deserto, chegaremos em Canaã.
Muitos perderam a esperança e entraram num labirinto do desespero, mas os que confiam no SENHOR, são como os montes de Sião, não se abalam, permanecem firmes e cheios de esperança em Deus.
A fé declara: Deus está no controle de tudo.
A esperança assegura: A vitória é certa.
Os que acreditam diz: Ainda há esperança, porque Deus já está provendo todas as coisas. Amém!

terça-feira, 24 de março de 2020

JESUS, O HOMEM PERFEITO.

E o mesmo Jesus começava a ser de quase trinta anos, sendo (como se cuidava) filho de José, e José, de Eli, ... (Lc.3.23).

Lucas é o único escritor gentio, de origem grega que escreveu dois livros, os quais ele os chama de tratados (Lc.11-4; At.1.1,2), o seu primeiro e segundo tratados foram dirigidos aos gregos, especificamente a um homem o qual ele o chama de excelentíssimo Teófilo. Lucas, ao escrever o evangelho, teve a intenção de apresentar Jesus como homem perfeito. Visto que, os gregos eram perfeccionistas e buscavam em tudo a perfeição. Lucas, que é citado por Paulo como o médico amado (Cl.4.14), ao escrever sobre a pessoas de Jesus Cristo, ele dá mais enfase a sua humanidade do que a sua divindade. A expressão "Filho do Homem" aparece 24 vezes no evangelho de Lucas (Lc.5.24; 6.5,22; 7.34; 9.22,26,44,56,58; 11.30; 12.8,10,40; 17.22,24,26,30; 18.8,31; 19.10; 21.27,36; 22.22,48,69), 25 em Mateus, 12 em Marcos e 9 no evangelho de João. Portanto, esta expressão faz referência a humanidade de Jesus.

Jesus Cristo, o Filho de Deus que, segundo a carne é chamado Filho do Homem, por ter sido descendente de Abraão e de Davi, da tribo de Judá, é também chamado filho de Davi, para revelar a sua natureza humana. Nasceu em Israel, sob a Lei de Moisés e a de Roma (Mt.1.1; 2.1; Gl.4.4; Lc.2.1-5). Tendo ele uma educação harmônica e perfeita, tanto diante de Deus quanto dos homens, crescendo em sabedoria, em estatura, e em graça para com Deus e os homens (Lc.2.52); iniciou o seu ministério aos 30 anos de idade (Lc.3.23), e cumprindo o seu ministério no período de 3 anos e meio, foi morto e sepultado, ressuscitando ao terceiro dia. Passando ainda 40 dias com os seus discípulos, foi elevado ao céu e prometeu retornar para levar a sua igreja que deixou aqui na terra (Lc.24.50,51; At.1.9-11). Amém.

SETE PERFEIÇÕES DE JESUS:

1- Perfeito em Caráter (Is.53.9; I Pe.2,22).

2- Perfeito em Santidade (Jo.8.46; I Jo.3.5).

3- Perfeito em Sabedoria (Mc.6.2,3; Cl.2.3).

4- Perfeito no Falar (Mt.7.28,29; Lc.4.32).

5- Perfeito no Agir (Jo.8.1-11; Lc.20.21-26).

6- Perfeito em Obedecer (Fp.3.8; Hb.5.8).

7- Perfeito em sua Humanidade (Hb.2.14-17).

CONCLUSÃO:
Jesus como homem foi, é, e sempre será o modelo de perfeição a ser seguido por todas as gerações. Nunca houve na história da humanidade, um homem que se igualasse a Jesus. O apóstolo Paulo foi o único que teve a ousadia em dizer: Sede meus imitadores, como também eu, de Cristo (I Co.11.1). Ele imitou, mas não se igualou, Paulo não foi o homem perfeito, bem como todos os outros desde Adão, não foram; o único perfeito é Jesus Cristo, nosso Senhor e Salvador. Amém!