sexta-feira, 25 de outubro de 2019

OS CINCO GIGANTES QUE DAVI DERROTOU.

Houve ainda também outra peleja em Gate, onde estava um homem de alta estatura, que tinha em cada mão seis dedos e em cada pé outros seis, vinte e quatro por todos, e também este nascera dos gigantes. E injuriava a Israel; porém Jônatas, filho de Siméia, irmão de Davi, o feriu. Estes quatro nasceram dos gigantes em Gate; e caíram pela mão de Davi e pela mão de seus servos (II Sm.21.20-22).

Os filisteus eram um espinho de garganta para Israel, a nação só teve paz depois que os cinco gigantes que eram considerados como os campeões dos filisteus, foram derrotados por Davi e seus guerreiros. Os gigantes filisteus são, por assim dizer, descendentes de Anaque, do povo que causou medo aos espiões enviados por Moisés (Nm.13.31-33). O autor do livro de crônicas, menciona que somente durante o reinado de Davi é que esses gigantes foram definitivamente eliminados. A derrota definitiva dos filisteus, significa que um importante pré-requisito e um grande obstáculo foi removido para dar-se início a construção do templo. Após a derrota definitiva dos filisteus, Israel passa a desfrutar um período de paz. Daqui em diante, o autor de crônicas volta sua atenção para o templo.

1- Golias (I Sm.17.4-7).
2- Isbi-Benobe (II Sm.21.16).
3- Safe ou Sipai (II Sm.21.18; I Cr.20.4).
4. Lami (I Cr.20.5).
5- Anônimo que tinha 24 dedos (II Sm.21.20).

OS CINCO GIGANTES QUE NÓS OS CRISTÃOS DEVEMOS DERROTA-LOS:

Derrubar gigantes e mata-los não é tarefa fácil, mas também não é impossível. Assim como Davi, que teve que enfrentar e matar alguns gigantes, nós também no decorrer da nossa caminhada vamos nos deparar com alguns gigantes espirituais que irão nos desafiar. Estes gigantes vem para tentar nos destruir, mas na força do Espírito Santo, através da oração e no poder da palavra de Deus nós havemos de vencê-los.

1- O GIGANTE DO MEDO.

Há o medo natural que todo ser humano tem, mas quando se trata do medo pavor, em que as pessoas entram em pânico, não é salutar. Há pessoas que vivem com medo de tudo e de todos, ao ponto da sua insegurança não permitir que ame as pessoas. O apóstolo João diz, que quem ama não deve ter temor, porque o amor só é perfeito quando lança fora o temor.
No amor não há medo; ao contrário o perfeito amor expulsa o medo, porque o medo supõe castigo. Aquele que tem medo não está aperfeiçoado no amor (I Jo.4.18).
Porque Deus não nos deu o espírito de temor, mas de fortaleza, e de amor, e de moderação (II Tm.1.7). O medo anula a ação do poder de Deus. Por isso Jesus disse a Jairo: Não temas crê somente (Lc.8,50). O amor é capaz de romper todas as barreiras, não teme ao perigo, nem ao castigo, quem ama sempre vence. Vencer o gigante do medo é uma questão de fé, coragem e determinação. Segundo os estudiosos da Bíblia, a expressão não temas, aparece mais de 365 vezes no texto sagrado, o que corresponde a cada dia do ano. Então, todos os dias o Espírito Santo está dizendo: Não temas! Você vai vencer.

2- O GIGANTE DA ANSIEDADE.

O gigante da ansiedade vem atingindo milhões de pessoas no mundo.
A era moderna e a pós-modernidade na atualidade tem causado grande impacto sobre a vida das pessoas, a ponto de deixa-las apreensivas e ansiosas por tantas coisas. A verdade é que as pessoas não querem mais perder tempo em esperar, tudo tem que ser rápido. O ser humano é por natureza ansioso em tudo que quer e deseja, muitos não buscam um equilíbrio para controlar suas ansiedades e chegam a entrar em um estado de extrema depressão. O pior é que a ansiedade ao extremo pode desencadear doenças psicossomáticas e levar a pessoa a um estado caótico. Todavia há um remédio recomendado na palavra de Deus, que nos orienta dizendo: Lançando sobre Ele toda a vossa ansiedade, porque Ele tem cuidado de vós (I Pedro, 5.7).
Ter ansiedade é normal, errado é quando se chega a um extremo a ponto de não poder controla-la. Jesus ensinando sobre este tema disse: Portanto, vos afirmo: não andeis preocupados com a vossa própria vida, quanto ao que haveis de comer ou beber; nem pelo vosso corpo, quanto ao que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o alimento, e o corpo mais do que as roupas? Contemplai as aves do céu: não semeiam, não colhem, nem armazenam em celeiros; contudo, vosso Pai celestial as sustenta. Não tendes vós muito mais valor do que as aves? Qual de vós, por mais que se preocupe, pode acrescentar algum tempo à jornada da sua vida? E por que andais preocupados quanto ao que vestir? Observai como crescem os lírios do campo. Eles não trabalham nem tecem. Eu, contudo, vos asseguro que nem Salomão, em todo o esplendor de sua glória, vestiu-se como um deles. Então, se Deus veste assim a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada ao fogo, quanto mais a vós outros, homens de pequena fé? Portanto, não vos preocupeis, dizendo: Que iremos comer? Que iremos beber? Ou ainda: Com que nos vestiremos? Pois são os pagãos que tratam de obter tudo isso; mas vosso Pai celestial sabe que necessitais de todas essas coisas. Buscai, assim, em primeiro lugar, o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão acrescentadas. Portanto, não vos preocupeis com o dia de amanhã, pois o amanhã trará suas próprias preocupações. É suficiente o mal que cada dia traz em si mesmo (Mateus, 6.25-34).
O apóstolo Paulo fazendo referência a inquietude humana, diz: Não estejais inquietos por coisa alguma; antes, as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus, pela oração e súplicas, com ação de graças (Filipenses, 4.6). A nossa ansiedade precisa ser controlada, devemos buscar a direção de Deus, descansar Nele e na sua palavra. O melhor remédio para ansiedade é confiar e descansar no SENHOR. Assim está escrito: Deleita-te também no SENHOR, e ele te concederá o que deseja o teu coração (Salmos, 37.4). Deleitar-se é o mesmo que descansar, sentir prazer no SENHOR, e esperar, na certeza que Ele não falha.

3- O GIGANTE DA INCREDULIDADE.

A incredulidade se constitui um gigante na vida de muitos cristãos, ao ponto de ficarem desanimados e sem acreditar nas promessas de Deus. A falta de fé também é pecado, porque passa a não acreditar em Deus. O escritor aos hebreus diz: Ora, sem fé é impossível agradar a Deus, porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que Ele existe e que é galardoador dos que o buscam (Hb.11.6). O próprio Jesus disse a Tomé: Não sejas incrédulo, mas crente (Jo.20.27).
A falta de fé, a incredulidade e a mensagem negativa dos dez espias, fizeram com que a nação de Israel ficasse desanimada e perdessem a esperança de entrarem na terra prometida. Eles viram gigantes na terra e ficaram assombrados e temerosos. Mas, quem tem fé em Deus diz: Quanto maior o gigante, maior será a sua queda, porque Deus é Maior. A fé fala mais alto, dois homens de fé tiveram outra visão da situação e transmitiram uma mensagem de fé e esperança para o povo: E Josué, filho de Num, e Calebe, filho de Jefoné, dos que espiaram a terra, rasgaram as suas vestes. E falaram a toda a congregação dos filhos de Israel, dizendo: A terra pelo meio da qual passamos a espiar é terra muito boa. Se o SENHOR se agradar de nós, então, nos porá nesta terra e no-la dará, terra que mana leite e mel. Tão-somente não sejais rebeldes contra o SENHOR e não temais o povo desta terra, porquanto são eles o nosso pão; retirou-se deles o seu amparo, e o SENHOR é conosco; não os temais (Nm.14.6-9). Mesmo depois desta mensagem, os incrédulos se reuniram para apedrejarem Josué e Calebe (14.10). Por causa da falta de fé do povo, nenhum incrédulo daquela geração foi-lhe permitido entrar na terra prometida, exceto Josué e Calebe (14.28-38). Muitas vezes a falta de fé e confiança em Deus, nos leva a não acreditar na providência e no poder de Deus. Que possamos vencer o gigante da incredulidade, sendo gigantes na fé.

4- O GIGANTE DA INCAPACIDADE DO PERDÃO.

Um das maiores dificuldades na vida do ser humano, é a incapacidade de  liberar perdão. Muitos estão vivendo infelizes por não perdoarem; porque feliz é quem perdoa. Há quem diga que, perdoar é sinal de fraqueza. Mas, à luz da Bíblia, perdoar é uma virtude. Na carta de Paulo aos romanos está escrito: Mas nós que somos fortes devemos suportar as fraquezas dos fracos e não agradar a nós mesmos (Rm.15.1). Portanto, perdoar é para os fortes, fraco é quem não perdoa. Geralmente quem não perdoa se torna uma pessoa rancorosa, e guardar rancor é como segurar uma brasa nas mãos, só a pessoa se queima. Infelizmente, muitos cristãos estão presos nesta armadilha e não conseguem se libertar. O apóstolo escrevendo aos coríntios, Paulo diz: Se perdoardes alguma coisa a alguém, também eu perdoo; e aquilo que perdoei, se é que havia alguma falta a ser perdoada, perdoei na presença de Cristo, por amor de vós, a fim de que Satanás não tivesse qualquer vantagem sobre nós; pois não ignoramos as suas artimanhas (II Co.2.10,11).
Jesus disse: Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará. Se, porém, não perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai vos não perdoará as vossas ofensas (Mateus, 6.14,15). Portanto, libere perdão e liberte a sua alma desta prisão, deste gigante que lhe domina e aprisiona.

5- O GIGANTE DA PERTURBAÇÃO MENTAL.

Tu conservarás em paz aquele cuja mente está firme em ti; porque ele confia em ti. Confia no SENHOR perpetuamente; porque o SENHOR Deus é uma Rocha eterna (Isaías, 26.3,4).

Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis o vosso corpo em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade e Deus (Romanos, 12.1,2).

A alma é a sede das emoções e dos sentimentos. A mente é como um campo fértil, nela os pensamentos podem dá frutos, bons ou ruins. Há uma frase que diz: Você é fruto daquilo que pensa. Ou seja: As nossas atitudes partem da nossa mente, sejam elas premeditadas ou não. Neste capítulo doze da carta do apóstolo Paulo aos romanos, ele está exortando a igreja a viver uma vida de piedade e santidade diante de Deus. Ele fala do culto racional (do raciocínio, da razão, da mente), e este culto deve ser apresentado o nosso corpo em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus. O apóstolo Pedro também nos fala sobre o leite racional, dizendo: Desejai afetuosamente, como meninos novamente nascidos, o leite racional, não falsificado, para que, por ele, vades crescendo (I Pedro.2.2). Racional no grego é logikos, pertencente a razão; o que é do raciocínio, perfeito para argumentação; lógica. Isto significa dizer que, o leite encontrado na palavra de Deus é, em última análise, racional. O culto racional, é um culto inteligente; e quem se alimenta do leite racional, cresce em inteligência espiritual. A mudança de atitude em não se conformar com o sistema e modelo do mundo, parte de uma mente renovada pelo Espírito Santo. É impossível uma pessoa que tenha uma mente renovada pelo Espírito Santo, venha se conformar com os costumes, estilos e modelos do mundo. Um crente de mente renovada, ele experimenta a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.

A nossa mente é um campo de batalha no que diz respeito aos pensamentos. A mente humana é algo tão complexo que muitas vezes a psicologia e a psiquiatria não conseguem entender. Sigmund Freud o pai da psicanálise, disse: "O pensamento é o ensaio da ação". As nossas atitudes são frutos dos nossos pensamentos, que partem do coração. Jesus, o nosso Mestre, falou: Porque do interior do coração dos homens saem os maus pensamentos, os adultérios, as prostituições, os homicídios, os furtos, a avareza, as imoralidades, o engano, a dissolução, a inveja, a blasfêmia, a soberba, a loucura. Todos estes males procedem de dentro e contaminam o homem (Marcos, 7.21-23). A mente humana precisa está equilibrada e em harmonia com Deus e a sua palavra.

Por incrível que pareça, há muitos cristãos vivendo com a mente perturbada. Esse gigante vem dominando e perturbando a mente de muitos. A melhor maneira de se libertar das perturbações mental é fixa o nosso pensamento em Deus, é firmar o nosso pensamento no SENHOR e na sua palavra. É buscar a renovação do Espírito Santo através da oração e leitura da palavra de Deus. É ocupar a nossa mente com aquilo que louvável. É pensar nas coisas que são de cima (Cl.3.2). Ainda sobre o pensamento, Paulo escrevendo aos filipenses diz: E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus. Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai (Fp.4.7,8). Portanto, não permita que a sua mente seja um depósito de maus pensamentos. Não deixe Satanás fazer um ninho, e encher a sua mente de coisas negativas e perversas, mas busque a Deus através da oração e meditação da palavra e seja livre de toda perturbação. Amém!

Nenhum comentário:

Postar um comentário