segunda-feira, 4 de outubro de 2021

FEBE ERA DIACONISA?

Recomendo-lhes nossa irmã Febe, serva da igreja em Cencreia. Peço que a recebam no Senhor, de maneira digna dos santos, e lhe prestem a ajuda de que venha a necessitar; pois tem sido de grande auxílio para muita gente, inclusive para mim (Rm.16.1,2). NVI.

Recomendo-vos a nossa irmã Febe, que é diaconisa na igreja de Cencréia. Peço que a recebais no SENHOR, de modo digno como os santos devem ser recebidos e a ajudeis em tudo o que venha a necessitar, porquanto ela tem prestado grande auxílio para muitas pessoas, inclusive para mim (Rm.16.1,2). BKJ.

Recomendo-vos, pois, Febe, nossa irmã, a qual serve na igreja que está em Cencréia, para que a recebais no Senhor, como convém aos santos, e a ajudeis em qualquer coisa que de vós necessitar; porque tem hospedado a muitos, como também a mim mesmo (Rm.16.1,2). ARC. Edição - 1995.

Provavelmente, foi Febe a portadora desta epístola. Ela era uma servidora (ou que fazia o trabalho de diaconisa) na igreja em Cencréia, próximo a Corinto. A construção linguística do versículo em apreço, no original, indica que ela desempenhava a função de diácono, talvez porque no momento havia falta, ali, de elementos masculinos para o diaconato. Febe ministrava aos pobres, aos enfermos e aos necessitado, além de prestar assitência a missionários tais como Paulo. As saudações de Paulo a nada menos de oito mulheres neste capítulo, indicam que as mulheres prestavam serviços relevantes às igrejas. 

Comentário da Bíblia de Estudo Pentecostal, pg.1726.

Paulo usa a expressão grega diakonon (servo ou ministro), para informar que a irmã Febe realizava seu serviço cristão como ministério oficial aos membros da igreja em Cencréia. Tudo indica que Febe foi destacada para a missão de levar essa carta à igreja em Roma.

Comentário da Bíblia King James Atualizada, pg.2189.

Como bom pastor, Paulo se preocupa com os cristãos na igreja em Roma e até conhece alguns pelo nome. A extensa lista de pessoas a quem deseja saudar torna a carta bastante pessoal e amigável.

O apóstolo recomenda a irmã Febe, para que a recebam no Senhor como convém aos santos. Ela servia à igreja de Concréia, região não muito distante de Corinto (At.18.18), além de ter ajudado muitos cristãos na igreja local e prestado assistência missionária a Paulo. Essas credenciais de Febe provavelmente indicam uma pessoa influente e que ocupava algum cargo importante na igreja, possivelmente como diaconisa. Febe estava de viagem marcada para Roma, de modo que Paulo pode ter solicitado que ela entregasse sua carta à igreja. Esse versículo sustenta a ideia de que a carta aos romanos foi escrita em Corinto. 

É importante observar que as mulheres faziam parte da liderança da igreja na época de Paulo. Nesse capítulo, Paulo menciona várias delas: Febe (16.1,2). Priscila (16.3). Maria (16.6). Júnia (16.7). Trifena e Trifosa (16.12). Pérside (16.12). A mãe de Rufo (16.13) e Júlia (16.15). A maioria dessas mulheres estava envolvida em importantes ministérios da igreja, e, longe de censurá-las por isso, muito pelo contrario, Paulo elogia seu trabalho.

Comentário Bíblico Africano pg.1410.

Concluímos que, de acordo com a etimologia da palavra diakonon no grego, a qual Paulo usa para se referir a irmã Febe, e as suas qualidades e serviços prestados, Febe foi uma excelente diaconisa na igreja do Senhor. Amém! 

4 comentários:

  1. Deus o abençoe pela ajuda prestada através do esclarecimento acerca desse assunto. graça e Paz!

    ResponderExcluir
  2. Amém.
    Obrigado Ev. Daniel, pela sua visita e pelo comentário.
    Volte sempre.

    ResponderExcluir
  3. Se me é permitido, partilho um artigo sobre a liderança feminina, no contexto da igreja local, nomeadamente sobre Febe: https://vidaemabundancia.blogspot.com/2024/06/lideranca-feminina-romanos-128-161-2.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Graça e paz irmão Ruben e Luísa, sejam bem-vindos. Permito sim, fique a vontade, que seja tudo para glória de Deus.
      Forte abraço.
      Volte sempre.

      Excluir