terça-feira, 6 de março de 2018

ANDANDO NA CONTRAMÃO DO MUNDO.

E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus (Romanos, 12.2).

Paulo faz um apelo aos irmãos romanos dizendo: Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis o vosso corpo em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus (Romanos, 12.1,2).
Na época de Paulo os romanos viviam de forma desregrada, o pecado imperava sobre eles, não havia temor a Deus, e pecar era o grande prazer dos romanos. Em contrapartida, Paulo pede aos irmãos romanos através de rogos que eles sejam diferentes e apresentem seus corpos para Deus como uma oferta de sacrifício vivo, santo e agradável a Ele; que é o culto da razão, da inteligência espiritual. Em seguida, Paulo enfatiza dizendo para os cristãos não se conformarem com o sistema do mundo pecaminoso, mas se transformar através de um entendimento renovado e passar a experimentar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.
No contexto do mundo atual não é diferente, devemos seguir as recomendações de Paulo em não se conformar com este mundo, mas apresentar os nossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, e prestar o nosso culto a Deus de forma racional (inteligente).
Andar na contramão do mundo é ser diferente do mundo.
O grande problema é que muitos que se dizem cristãos estão vivendo de conformidade com o sistema do mundo e aceitando os padrões antiéticos e antibíblicos impostos pelo mundo pós-moderno.
Muitos não conseguem andar na contramão do mundo porque já aceitaram e se conformaram com o sistema pecaminoso do mundo. Andar na contramão do mundo requer uma vida de renúncias, santidade e comunhão com Deus.
No regulamento da lei de transito, andar na contramão poderá haver uma colisão com outros veículos e consequentemente gerar mortes; isto se constitui uma infração gravíssima. No sentido espiritual andar na contramão do mundo é chocar-se com os conceitos antibíblicos impostos pelo sistema do mundo e não aceitar os seus padrões. Isto é louvável para Deus e gera vida.
Um cristão conformado com o mundo é um crente fracassado que está vivendo em cima do muro, querendo agradar a Deus e ao mundo. Há uma frase que diz: "Muitos entraram no Evangelho, mas o Evangelho não entrou neles". "O povo saiu do Egito, mas o Egito não saiu do povo".
O verdadeiro cristão não vive conformado com este mundo, mas ele anda na contramão do mundo.
A igreja foi chamada para influenciar o mundo, não o mundo influenciar a igreja.
Que possamos viver para agradar a Deus e não ao mundo, porque quem agrada ao mundo se constitui inimigo de Deus (Tiago, 4.4). Portanto, sejamos amigos de Deus e vivamos para sua glória. Amém!

Nenhum comentário:

Postar um comentário