quinta-feira, 7 de junho de 2018

FOME DA PALAVRA.

Achando-se as tuas palavras, logo as comi, e a tua palavra foi para mim o gozo e alegria do meu coração; porque pelo teu nome me chamo, ó SENHOR, Deus dos Exércitos (Jeremias, 15.16).

A palavra de Deus deve ser parte integrante do nosso cotidiano, não devemos jamais nos afastar dela. Assim como o nosso corpo precisa ser alimentado para se manter forte e saudável, a nossa alma também precisa ser alimentada com a palavra de Deus. Jesus nos adverte dizendo: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus (Mateus, 4.4). Infelizmente estamos vivendo uma época em que as pessoas estão cada vez mais com fastio da palavra de Deus, indo beber em outras fontes e se alimentando de filosofias humanas. O que nos deixa pasmados e tristes é saber que muitos cristãos já não leem a bíblia com frequência, não sentem fome nem sede pela palavra de Deus. Muitas comunidades de fé estão perdendo o prazer pelo ensino ortodoxo da palavra de Deus, e estão prestes a entrar em uma UTI espiritual. Todavia, o apóstolo Pedro nos recomenda que devemos desejar com afeto o leite racional, que é a palavra de Deus. Desejai afetuosamente, como meninos novamente nascidos, o leite racional, não falsificado, para que, por ele, vades crescendo (I Pedro, 2.1,2). Esse leite racional, nos fortalece e desenvolve a nossa inteligência espiritual. Muitos cristãos estão com fastio da palavra, e como consequência disto, estão ficando fracos e raquíticos espiritualmente. 

Você não deve ficar de tal forma ocupado com outras coisas que negligencie o seu alimento espiritual e o fortalecimento da sua relação com o Senhor, cuja fonte é a Palavra de Deus. Há vezes em que, se não imergir profundamente na Palavra de Deus, poderá sucumbir a sua fé, e o desânimo querer lhe dominar e o fazer desistir. Hoje a fonte está jorrando, e a palavra está disponível e acessível a todos, mas haverá dias que a palavra de Deus vai ficar escassa. Assim profetizou o profeta Amós: Eis que vem dias, diz o Senhor JEOVÁ, em que enviarei fome sobre a terra, não fome de pão, nem sede de água, mas de ouvir as palavras do SENHOR (Amós, 8.11). Portanto, que possamos sempre nos alimentar da palavra de Deus, para sermos fortalecidos e crescermos na graça e no conhecimento. 

O mundo está faminto espiritualmente e precisa ser alimentado pela palavra de Deus. Apesar de todo o desenvolvimento científico e tecnológico, e todos os entretenimentos da era moderna, as pessoas estão cada vez mais vazias e carentes de Deus. Nós como cristãos, precisamos urgentemente alimentar o mundo com a palavra de Deus. Está escrito: Ide, comei as gorduras, e bebei as doçuras, e enviai porções aos que não tem nada preparado... (Neemias, 8.10). 

Nenhum comentário:

Postar um comentário