sábado, 27 de junho de 2020

Doce Espírito - Bom Consolador - Paracleto Divino.

... e o Espírito Santo desceu sobre Ele em forma corpórea, como uma pomba; e ouviu-se uma voz do céu, que dizia: Tu és meu Filho amado; em ti me tenho comprazido (Lc.3.22).
E João testificou dizendo: Eu vi o Espírito descer do céu como uma pomba e repousar sobre Ele (Jo.1.32).

O Espírito Santo está em ação desde o princípio da criação. O texto sagrado registra que a terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo; e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas (Gn.1.2). O Espírito Santo é o gerador de vidas. O sábio Eliú testificou dizendo: O Espírito de Deus me fez; o sopro do Todo-poderoso me dá vida (Jó.33.4). Se fosse intensão dele, e de fato retirasse o seu espírito e o seu sopro, a humanidade pereceria toda de uma vez, e o homem voltaria ao pó (Jó.34.14,15). Oh! Doce e bom Espírito! Tu és a Vida que gera vidas e as sustentas e mantém-as vivas. Quanto mais recebo informações acerca das obras e ações do Bom Espírito, passo a ama-lo, respeita-lo e deseja-lo cada vez mais. Aleluia!

IDENTIFICANDO A PALAVRA "ESPÍRITO" NA LINGUAGEM ORIGINAL DA BÍBLIA:

No Antigo Testamento.
Do hebraico, "Ruach". Que significa: Vento, hálito, respiração.

No Novo Testamento.
Do grego, "Pneuma". Vindo da raiz "Pneu", refere-se ao ar. O sufixo "ma" fala de ação, de movimento.

- A primeira menção ao Espírito Santo.
A primeira menção ao Espírito Santo na Bíblia, fala de "ação" e "movimento".
... e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas (Gn.1.2).

- A última menção ao Espírito Santo.
A última menção ao Espírito Santo fala de "desejo" e "expectativa".
E o Espírito e a esposa dizem: Vem! (Ap.22.17).

NOMES QUE IDENTIFICAM O ESPÍRITO SANTO NA BÍBLIA.

No Antigo Testamento:

Espírito de Deus (Gn.1.2; 41.38).
Meu Espírito (Gn.6.3).
Espírito do SENHOR (Jz.6.34).
Bom Espírito (Ne.9.20).
Sopro do Todo-poderoso (Jó.33.4).
Espírito Santo (Sl.51.11; Is.63.10).
Espírito do Senhor JEOVÁ (Is.61.1).
Espírito de Sabedoria (Is.11.2).
Espírito de Inteligência (Is.11.2).
Espírito de Conselho (Is.11.2).
Espírito de Fortaleza (Is.11.2).
Espírito de Conhecimento (Is.11.2).
Espírito de temor do SENHOR (Is.11.2).
Espírito de Graça (Zc.12.10).

No Novo Testamento:

Espírito de Deus (Rm.8.14).
Espírito de Cristo (Rm.8.9).
Espírito de Jesus (At.16.7).
Espírito do Pai (Mt.10.20).
Espírito de Adoção (Rm.8.15).
Espírito de Vida (Rm.8.2).
Espírito da Promessa (Ef.1.13).
Espírito do Senhor (II Co.3.18).
Espírito da Glória (I Pe.4.14).
Espírito da Verdade (Jo.14.17).
Espírito de Profecia (Ap.19.10).
Espírito Eterno (Hb.9.14).
Consolador (Jo.15.26).

A PERSONALIDADE DO ESPÍRITO SANTO.

O Espírito Santo não é uma força ativa como ensina uma seita herética, mas é uma pessoa que pensa, cria e agi.

Atividades Pessoais do Espírito Santo:

Fala (At.8.29; Ap.2.7).
Ensina (Jo.14.26).
Guia (Jo.16.13).
Entristece (Ef.4.30).
Orienta (At.16.6,7).
Ama (Rm.15.30).
Intercede (Rm.8.26).
Determina (At.15.28).
Escolhe (At.13.2).
Constitui (At.20.28).
Revela (At.20.22,23).
Testifica (Rm.8.16; Jo.15.26).
Glorifica (Jo.16.14).
Consola (At.9.31).
Convence (Jo.16.7,8).
Tem ciúmes (Tg.4.5).
Desiste (Gn.6.3).
Faz oposição (Is.63.10).
Dar descanso (Is.63.14).

CONCLUSÃO:
As obras e ações realizadas pelo Espírito Santo desde o começo da criação até os dias atuais, é de uma dimensão imensurável. O Espírito que operou na criação, é o mesmo que operou em todos os períodos e épocas do Antigo e Novo Testamento. O Espírito continua em plena atividade na igreja de Jesus, operando com sinais, curas e milagres. O Espírito Santo é o nosso Guia, Ensinador, Ajudador e Consolador. Ele foi enviado pelo Pai para ser nosso Consolador e Penhor da nossa herança futura.
Obrigado por tudo Doce Espírito!  

Nenhum comentário:

Postar um comentário